sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

No ano novo...


Bom, mais um ano se findando, e é hora de recapitular como foi o balanço disso tudo! Onde eu fui bem, onde eu fui péssimamente mau, onde eu posso melhorar. Ah, e também o que eu poderei nesse novo ano fazer para Deus.

As vezes me pego na besteira de ficar pensando em o que pedirei para Deus nesse novo ano, mas e porque não dar invés de querer sempre receber? Não que seja mau sempre estar pedindo, até porque diz a bíblia para pedir e nos será concebido os desejos do coração.

Nesse ano de 2011 quero dar mais de mim, mais para as pessoas ao meu redor, mas para Deus. O Meu Paisinho do céu conhece meu coração e sei que a seu tempo me dará tudo aquilo que anseio e desejo, até porque muitas realizações eu tive esse ano, incluindo minha tão sonhada faculdade que consegui regressar, só tenho mesmo que agredecer, perseverei muito nisso.

Desejo a todos um ano cheio de paz, alegria, prosperidade, saúde e presença de Deus a todos!

Bjs

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

sábado, 25 de dezembro de 2010

O melhor presente...


Aqui em Portugal já não é Natal, estou postando 1:24h da madruga, do dia 26! Poderia eu ter deixado um extenso post sobre o significado do Natal, desejando feliz Natal a todos blá, blá, blá...

Hoje quando acordei e fui ao almoço de Natal em família, pude apreciar aquilo o que eu tenho todos os dias, graças ao bom Deus por isso. Me lembrei de quando eu ainda no meu travesseiro, em meio as lágrimas, há uns anos atrás falei com Deus do que eu mais queria na vida...uma família unida, feliz e que pudesse desfrutar todos os dias da presença de Deus dentro dela, onde não houvesse a gritaria de brigas...coisa bem constante dentro da minha família, meus pais brigavam muitooooooo...realmente paz era uma das coisas que eu não encontrava dentro da minha casa.

E como faço todos os dias, agradeci a Deus, por mais um dia feliz, não por ser Natal ou coisa parecida, mas porque posso desfrutar dos melhores presentes que uma pessoa pode receber todos os dias, a presença de Deus, um lar feliz e unido onde nada falta.

Realmente nesse mais um dia feliz o que eu iria dizer a respeito do Natal...que as pessoas parassem um pouco, olhassem ao redor e valorizassem o que tem todos os dias, e não o que reberão em apenas um dia, como presentes, boa comida e etc...e se por acaso ao fazer essa reflexão perceberem que não tem grande coisa, faça como um dia eu fiz, se coloque aos pés da Única Pessoa que pode mudar tudo, e lhe dar o melhor! Pois é isso que Deus tem para nossas vidas, o melhor!

deixo aqui a receita:

“Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra. Estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração que se fizer neste lugar” (2 Crônicas 7.14,15).

Se você quer o seu presente, se apresse! Deus está disponível a qualquer momento para lhe dar, e uma boa notícia...você não precisa esperar pelo Natal para receber! rsrsrsrs...

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Receita Peru de Natal




Há 7 anos que faço sempre essa receita que peguei no mais você. Fica muito bommmmmmm!








INGREDIENTES:

1 peru
2 litros de leite
INGREDIENTES PARA TEMPERAR:

1 garrafa de champagne
4 dentes de alho picados
1 cebola grande cortada em rodelas
2 folhas de louro
1 colher (sobremesa) de pimenta-do-reino
1/2 xícara (chá) de azeite
1/2 xícara (chá) de óleo
1 colher (sopa) de mostarda
1 copo (americano) de água
1 colher (sopa) de molho inglês
Suco de 1 limão grande
INGREDIENTES PARA ASSAR:

Manteiga
Fatias de bacon
INGREDIENTES PARA A FAROFA:

100 g de manteiga
1 xícara (chá) de nozes picadas
1/2 xícara (chá) de uvas passas escuras
1/2 xícara (chá) de uvas passas brancas
2 xícaras (chá) de farinha de mandioca
Sal a gosto
MODO DE PREPARO

Lave bem o peru e deixe de molho no leite por duas horas. Depois desse tempo, lave e seque.

Para temperar:

Tempere com: champagne, alho, cebola, louro, pimenta, azeite, óleo, mostarda, água, molho inglês e suco de limão. Deixe por duas horas.

Para assar:

Quando for assar, passe a manteiga, cubra o peito do peru com fatias de bacon prendendo as pontas com palito. Cubra com papel-alumínio e leve para assar por 1h30min mais ou menos em forno a 190ºC.

Retire o papel-alumínio, deixando o papel somente na ponta das asas e nas pontas das coxas (para não queimar). Leve ao forno para dourar. Vá regando com o caldo do cozimento de vez em quando. Deixe por mais 1h aproximadamente.

Para a farofa:

Aqueça a manteiga. Junte as nozes, as uvas passas e deixe por mais ou menos 3 min. Misture a farinha de mandioca e acerte o sal.

INFORMAÇÕES

Tempo de Preparo: 5h30min

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Lucas Piano - "Saviour King" (Hillsong)



Num dia de férias chuvoso e monótono como hoje, nada melhor do que entrar na presença de Deus com essa canção linda, tocado pelo meu amigo de Twitter Lucas. Lava a almaaa, linda demais. Que Deus continue abençoando o ministério dele.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Por quê Educação Física?


Muitos já me fizeram essa pergunta..uns por acharem que não é uma "grande" profissão, por acharem o salário baixo, por vezes é um curso banalizado, faculdade de malandro, rsrsrs, já me falaram isso! Ah, por não ter grande matemática, por ser um curso fácil segundo quem diz, por tantas e tantas coisas...mas por quê eu quis educação física?

Fui uma criança, adolescente e jovem muita agitada. A minha mãe e meu pai não conseguiam achar uma saída razoável para meu comportamento agitado, por vezes agressiva e etc...eu passava muito tempo brincanddo na rua de minha casa, entre minhas bricadeiras, futebol, queimado, volêi, polícia e ladrão,bandeirinha, entre outros. Queria estar em atividade, parada nunca! Minha mãe por sua vez, tentando me tirar das ruas, me dava altos castigos, me batia...mas achei a solução sem querer um dia na escola, quando uma amiga me convidou a ir aos treinos de volei da escola com ela. Foi aí que tudo começou.

Eu não era uma boa aluna em sala de aula, mas na educação física era o lugar onde eu sempre queria estar, onde parecia que o professor me entendia melhor. A solução não estava nas aulas de piano, onde minha mãe queria que eu sempre estivesse. Eu comecei a ir escondida aos treinos, minha mãe achava que eu estava estudando na escola, mas nada se pode esconder a vida inteira, e tive que contar ao meu pai que eu não estava na biblioteca naqueles dias, mas sim na quadra da escola.

meu pai começou a ir em meus treinos, me via sempre que podia. Quando comecei a jogar ele até lachinho me levava, rsrsrsrsr...todo orgulhoso ficou quando eu fui para a primeira categoria nos jogos.

Mudei de escola e minha linha de treino mudou, já não era somente volei, mas handebol e hóquei na quandra da cidade todas as sextas a noite. E também cheguei a praticar jiu-jitsu.

Minha mãe acabou por aceitar minhas escolhas e deu o braço a torcer que o esporte na escola melhorou meu comportamento, pois eu gastava minha energia toda nas quadras e no tatâme. Quem me conhecia melhor e me entendia eram meus treinadores e professores de educação física, como a professora Cris, e isso eu nunca vou esquecer.

Não estou interessada em grandes salários, e nem tenciono me formar para ter muito dinheiro, claro que seria bom demais, mas sei que se sou uma boa profissional, e amo aquilo que faço e ser boa no que faço, terei minha recompensa, saja num bom salário ou na satisfação de acordar todos os dias e ir trabalhar naquilo que amo. Quero ajudar pessoas que tiveram a mesma dificuldade que eu, quero poder ajudar da mesma maneira que um dia fui ajudada. E como a atividade física, nos traz felicidade e prazer, por que não educação física?

Respeito a decisão que cada pessoa escolheu para suas vidas, seja direito, medicina, odontologia e etc...faça aquilo que você gosta, aquilo que você tem dom, e seja bom naquilo que faz, buscando crescer no conhecimento da sua área a cada dia. Isso te fará um bom profissional. Nunca desista de um sonho, mesmo que todos te digam que não terás bom salário, que não terás emprego, que não terás sucesso... afinal o detentor do teu sucesso não são as pessoas, mas sim Deus e você, porque para Deus agir em seu favor, tens que fazer por onde, nada virá de mão beijada.

Ame aquilo que faz e seja bom no que faz!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

As sete façanhas de Sansão


JUÍZES 16.1-31

... foram mais os que matou na sua morte do que os que matara na sua
vida. (Jz 16.30b.)

A mitologia grega atribui a Hércules, seu herói, doze façanhas. Mas essas
são apenas histórias de um ser lendário. A Bíblia, porém, nos conta a fantástica história de um homem que nasceu em Israel para ser o campeão de
Deus: Sansão. Ele foi consagrado a Deus desde antes de seu nascimento. Sua
mãe não poderia beber vinho nem comer nada da videira, durante o período
da gestação do menino. Os cabelos dele não poderiam ser cortados, e seria
“nazireu”, e deveria seguir a mesma dieta de sua mãe por toda a sua vida.

Sansão realizou sete feitos memoráveis na história de Israel: o estrangulamento do leão somente com as mãos; a destruição de trinta homens na sua festa de casamento; a destruição dos campos dos filisteus, usando 300 raposinhas; um segundo massacre dos filisteus que mataram sua esposa; a morte de mil homens com uma queixada de jumento; a remoção dos portões da cidade
de Gaza; e a destruição do templo de Dagom, com 3.000 adoradores pagãos.

Apesar da força espetacular que Deus lhe dera, Sansão não soube vencer o
inimigo que estava dentro dele: a paixão lasciva. Ele brincou com o pecado,
achando que poderia derrotá-lo com a sua força física. Pensava que estava
protegido por seus músculos e que era invencível. Só que essa invencibilidade
estava associada à sua obediência a Deus, à sua consagração e santidade. Pense
nisso, e busque a vontade de Deus. Produza o fruto do Espírito.

Ah, Sansão, você foi projetado para vencer.
Ninguém lhe poderia resistir, bastava a você ouvir
A voz do Espírito a lhe guiar.
Mas você não quis obedecer, e veio então a perecer
Sofrer o escárnio do inimigo vil,
Apesar de ter conseguido matar até mil.
Não se brinca com o pecado!
É isso que a sua história nos tem falado.

Pai, ajuda-nos a estar sempre afinados com os céus, ouvindo
a voz do teu Espírito a nos ensinar o caminho, as escolhas, e
até mesmo as palavras. Amém.

domingo, 5 de dezembro de 2010

A escola é...


Escola é... ... o lugar que se faz amigos.
Não se trata só de prédios, salas, quadros,
Programas, horários, conceitos...
Escola é sobretudo, gente
Gente que trabalha, que estuda
Que alegra, se conhece, se estima.
O Diretor é gente,
O coordenador é gente,
O professor é gente,
O aluno é gente,
Cada funcionário é gente.
E a escola será cada vez melhor
Na medida em que cada um se comporte
Como colega, amigo, irmão.
Nada de "ilha cercada de gente por todos os lados"
Nada de conviver com as pessoas e depois,
Descobrir que não tem amizade a ninguém.
Nada de ser como tijolo que forma a parede,
Indiferente, frio, só.
Importante na escola não é só estudar, não é só trabalhar,
É também criar laços de amizade,
É criar ambiente de camaradagem,
É conviver, é se "amarrar nela"!
Ora é lógico...
Numa escola assim vai ser fácil !
Estudar, trabalhar, crescer,
Fazer amigos, educar-se, ser feliz.
É por aqui que podemos começar a melhorar o mundo.

Paulo Freire